Hostels internacionais crescem 290% em 2019

Hostels internacionais crescem 290% em 2019

Hostels internacionais crescem 290% no último semestre. Segundo os dados do Hurb – Hotel Urbano. O Reino Unido, Alemanha e Argentina foram os destinos com maior aumento em número de diárias no período.

A mudança da proposta de diversos hostels e a oferta de serviços diferenciados, aliadas ao preço, vem dando resultado nos últimos meses.

Um levantamento interno, agência online de viagens líder nacional, mostra um crescimento de 290% nas reservas feitas nesse tipo de acomodação entre julho e dezembro de 2019 após um aumento de 38% de seu portfólio global.

Hostels internacionais crescem 290% no último semestre
O Generator Paris tem rooftop com bar e um design cinematográfico

A comparação é com o mesmo período do ano anterior e abrange apenas hostels internacionais.

Os destinos que mais se destacam, segundo dados da empresa, são Reino Unido, Argentina e Alemanha.

Hostels internacionais crescem 290% no último semestre

Já este ano, os hostels de Portugal despontam na frente no quesito crescimento de reservas. Em janeiro, o país registrou um aumento de 440% com apenas 3% de albergues a mais comparado a janeiro de 2019.

Confira também Conheça ás 8 melhores praias na República Dominicana

Para Beatriz Motta, os números comprovam que a imagem que se tinha dos albergues como hospedagens sem algum conforto está se renovando.

“Houve um tempo em que os viajantes só se hospedavam em hostels pelo preço e sabiam que iriam sacrificar a qualidade da estadia.

Logicamente o baixo custo conta, porém esses estabelecimentos hoje se preocupam em oferecer uma experiência autêntica do lugar. Muitos já têm atividades, bares em rooftops, alta oferta de tecnologia, além de um espaço de coworking, facilitando o networking entre empresas e startups globais”, afirma.

Modelo de acomodação muito forte na Europa, os hostels modernos apresentam novas características: investem em um atendimento de qualidade e programações que promovem maior interação entre os hóspedes.

Muitos podem ser comparados a hotéis de alto padrão. Com a mudança de perfil desses estabelecimentos, a agência de viagens viu a necessidade de fazer novas contratações no ano passado.

Beatriz ressalta a rede Generator, com vários albergues pelo mundo, como em Paris e Miami, que oferecem loja de viagem, bares e festas.

A Rede Selina também está presente em diversos países, entre eles Brasil, México e Grécia. Suas hospedagens podem contar com espaço para trabalho, biblioteca e ainda são focadas em criar uma comunidade, por isso disponibilizam algumas atividades. 

O Generator Paris tem rooftop com bar e um design cinematográfico

Se por um lado a ideia de quarto apertado com vários beliches ficou para trás, por outro, a atmosfera de socialização presente nesses estabelecimentos ganha força, atraindo viajantes motivados a conhecer pessoas de diferentes cidades e países, outros idiomas e culturas.

O Hurb acredita que com tamanha originalidade esse segmento de hospedagem pode continuar crescendo, sem contar que a alta do euro e do dólar corroboram para que os turistas busquem hospedagens mais econômicas (e isso não quer dizer menos confortáveis).

E oferece diariamente mais de 400 mil opções de hotéis e pousadas espalhados por todo o mundo, sendo mais de 8 mil apenas no Brasil. Além disso, registra mais de 6 mil reservas ao dia, em 6.500 destinos mundo afora.

SOBRE O HURB
Sempre tendo por princípio oferecer a melhor experiência não apenas de compra online, mas de viagem, aos seus clientes, o Hurb nasceu em janeiro de 2011.

Com a missão de inspirar e transformar vidas por meio de viagens, a agência online de viagens já gerou milhares de empregos diretos e indiretos, fomentou novos destinos e auxiliou no desenvolvimento de pequenos e médios empreendedores.

Durante os últimos anos, vendeu milhões de diárias para viajantes de todo o Brasil. Nos próximos anos, planeja vender algumas dezenas de milhões de diárias para viajantes não apenas brasileiros.

Hostels internacionais crescem 290% em 2019

2 Comments

Comments are closed.