Daniel Satti no cinema Entreolhares

Daniel Satti no cinema Entreolhares

Daniel Satti no cinema Entreolhares. Um dos seus próximos trabalhos no cinema. O ator Daniel Satti em uma rede social declara: Só o AMOR é capaz de explicar o sentimento de pertencer a essa OBRA! Gratidão infinita a todos os profissionais envolvidos.

O filme Entreolhares do renomado diretor Ivann Willig tem como protagonista da trama a atriz Varginhense Marina Azze.

Seu marido, Sandro, é interpretado por Daniel Satti, rostinho muito conhecido na TV. Ele acaba de viver Donato Camargo em Salve-se Quem Puder, novela das 19 da Globo, fez outras várias novelas e muito cinema.

O filme também conta com a participação de Tuna Dwek. Atriz com mais de 50 filmes no currículo. Tuna é diva do teatro brasileiro, atriz premiadíssima que faz dobradinha com o diretor Ivann Willig em vários filmes dele.

Veja também Aclasp realiza Evento Posse e Homenageia Personalidades

Daniel Satti no cinema Entreolhares

Nos anos 1960, uma jovem com necessidades visuais, precisa enxergar a vida sob novas perspectivas. Uma história romântica, cercada de muito drama e com final surpreendente .

O filme é um média-metragem que poderia ser  longa, e traz efeitos visuais fantásticos. Uma direção de arte impecável numa fotografia deslumbrante.

ROTEIRO, PRODUÇÃO & DIREÇÃO
@ivannwillig– Ivann Willig
Vem aí: Entreolhares
Um filme de @ivannwillig
Elenco:
@marinaazze – MARINA AZZE
@danielsatti– DANIEL SATTI
@tunadwek– TUNA DWEK

Bio

A dedicação ao trabalho e a paixão pela arte de atuar, são os principais fatores de impulsionamento da carreira de 20 anos do ator Daniel Satti, que resultaram em uma prestigiosa lista de obras de relevo na cena artística nacional.

Ele iniciou sua carreira em Belo Horizonte – pelo Núcleo de Estudos Teatrais (NET), passou por diversos cursos, oficinas e workshops de importantes Companhias, como GRUPO GALPÃO e profissionais da área artística de renome.

Ao transferir-se para o Rio de Janeiro (onde residiu 10 anos), realizou vários trabalhos na televisão e no teatro, trajetória que prosseguiu depois de instalar-se em São Paulo.

A força de sua expressão artística o consagrou com o título de Membro Imortal da ACLASP – Academia de Ciências, Letras e Artes de São Paulo, ocupando a cadeira número 03 do colegiado de artes dramáticas – cujo patrono é o cineasta Anselmo Duarte.

A condição de Acadêmico Efetivo tem por objetivo, contribuir e colaborar com o crescimento e avanço da sociedade através da defesa de nossa língua-mãe, da disseminação cultural, realização de eventos relacionados e implementação de projetos sociais que alcancem e beneficiem todas as classes sociais.

A busca incessante de novos desafios, com objetivo do constante aprimoramento profissional, fazem parte de sua meta.

Na televisão, fez o “Donato Camargo” em Salve-se Quem Puder, novela das 19h e “Viriato Prazeres” em Novo Mundo, novela das 18h, ambas da TV GLOBO; o “Panahasi”, personagem na novela da RECORD TV, Os Dez Mandamentos, novela Pecado Mortal, como “Pente-Fino”, além de Caminhos do Coração, na mesma emissora .

Na TV SBT, fez Carrossel, como “Frederico Carrilho”. Outras participações aconteceram nas novelas Globais, A Favorita (personagem Jornalista Beto) Belíssima, Pé na Jaca, O Profeta, Paraíso Tropical, Passione e Cama de Gato (personagem Jornalista Sérgio Madeira).

Atuou também nos seriados globais, Os Caras de Pau, A Diarista, Separação, no humorístico Zorra Total e no jornalístico Globo Repórter. Ainda para televisão fez trabalhos de publicidade em comerciais regionais (Honda, Lorenge), nacionais (Ipiranga, KAYAK.COM, FRIBOI, MRV, Bancorbrás, Chocolates Garoto, Brahma, Plug-me), internacionais (Petrobrás) e outros.

No cinema, fez o longa-metragem Amor, confuso amor, como protagonista – Personagem: Jorge – Direção: André Luís / Produção: Belluna Filmes (Jun/2019); o curta-metragem Entreolhares – Personagem coprotagonista: Sandro – Direção: Ivann Willig (Jul/2019); o curta CEO fantasma –

Personagem coprotagonista: Adriano – Direção: Fernando Tiezzi (Mai/2019); o curta-metragem Te amo pra sempre –

Personagem: Gabriel – Direção: Marcos Ribas / Produção: TakeBoom (Jul/2019); participou tb dos longa-metragens, Solteira Quase Surtando –

Personagem: Flávio – Direção: Caco Souza / Produção: MAB Productions (Mar/2016); Vingança (selecionado para MOSTRA PANORAMA, paralela ao 59º Festival de Berlim/2009 e para a 36ª Edição do Festival de Gramado, categoria longa) – Direção: Paulo Pons – Produção: Pax Filmes (Nov/2008); e o curta, Eu estou bem, cada vez melhor (exibido no festival CURTA CINEMA/2009 – 19ª Edição) – Direção: Rodrigo Guéron (Mar/2009).

Sua atuação em teatro, lhe renderam o reconhecimento de público e crítica em trabalhos já executados durante carreira profissional.

Atuou nos espetáculos: Trem fantasma, uma comédia romântica (texto de Ivan Fernandes), dirigido por Mário Hermeto; Fausto (adaptação do original de Johann Wolfgang Von Goethe); Física Poética (apresentado no Festival Brasileiro de Esquetes e Performances/Mercadão Cultural 2006.

E indicado entre as cinco melhores performances do Festival) e .DOC, dirigidos por Thiago Romero e supervisionados por Ana Kfouri; Casa, Dinheiro e Roupa Lavada (adaptação de O Primo da Califórnia de Joaquim Manoel de Macedo), dirigido por Márcio Machado, entre outros.

Daniel Satti é bacharelado em Comunicação Social com Habilitação em Relações Públicas na UNI-BH, onde ganhou o Prêmio-título de Destaque-Acadêmico por sua atuação como melhor aluno do curso.

Fez o curso de engenharia civil, mas trancou um ano antes de completar.

SITEwww.danielsatti.com.br

Daniel Satti no cinema Entreolhares

E amanhã 20/04 teremos uma live 17h00 com o ator @portaljoribeiro, sobre pandemia, cinema e outros projetos imperdivel! #danielsatti #portaljoribeiro

Daniel Satti no cinema Entreolhares

Fonte Assessoria de Imprensa Divulgação Entreolhares – Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal