Carolina Stofella dá dicas da cosmopolita Lisboa e mostra como desbravar as cidades ao redor

Carolina Stofella dá dicas da cosmopolita Lisboa e mostra como desbravar as cidades ao redor

Atriz Carolina Stofella dá dicas preciosas para curtir a vibe cosmopolita de Lisboa e desbravar as cidades ao redor

Com praias para todos os gostos, um café delicioso até no bar mais simples e toda a vibe cultural que permeia a capital, Lisboa tornou-se a nova cidade cosmopolita da Europa e o ponto de partida ideal para desbravar Portugal. O país lusitano permite ao visitante ver neve, montanhas, mar e a intensidade de uma cidade grande, tudo em curtíssimas distâncias. Na foto acima Castelo dos Mouros Sintra.

Fotos divulgação

Para a atriz Carolina Stofella, a relação com Portugal ficou mais especial quando sua irmã se mudou para Lisboa com a família.  Com diversos amigos morando há algum tempo na cidade, a atriz aproveita para visitá-los também e aproveitar o ritmo do país, que permite que seus moradores e visitantes curtam tarde agradáveis, regadas de uma boa gastronomia, cultura, e com possibilidade de conhecer  lugares especiais  em uma gostosa caminhada.

Confira as dicas de Carolina, para um roteiro inesquecível em Portugal.

Energia e aconchego de Lisboa

Explorar Lisboa é sempre uma delícia. Andar pelas ruas, parar nos cafés e provar os doces que são maravilhosos. Cada bairro tem seu charme. Ande mesmo, conheça cada cantinho da cidade.

Fotos divulgação

A gastronomia portuguesa é riquíssima. Come-se e bebe-se muito bem. Gosto muito da pizzaria Valdo Gatti, no Bairro Alto. Também recomendo uma visita ao Time Out Lisboa, onde estão reunidos os restaurantes dos melhores chefs de Portugal, e o complexo LX Factory, uma galeria criativa ocupada por profissionais do design, da gastronomia, arte e cultura. No espaço é possível encontrar desde livros e vinhos, a brechós de móveis, peças de décor moderníssimas e objetos sustentáveis para casa. 

Para um docinho, eu gosto muito das pastelarias ALCOA e Tartine, ambas no bairro Chiado. A Sacolinha é uma doceria com várias unidades espalhadas pela cidade. O tradicional pastel de nata não pode faltar no roteiro gastronômico, para apreciar o doce, que é irresistível, recomendo a Pastelaria Santo Antônio, a Manteigaria e além do famoso pastel de belém na Pastéis de Belém. E para fechar com chave de ouro as delicias de Portugal, os visitantes não podem deixar de provar o bacalhau da Casa do Bacalhau, é imperdível.

Conheças as redondezas:

Sintra é um encanto e visitar o Palácio da Pena é um programa super bacana. Uma visita ao Porto com certeza precisa estar no roteiro, como o destino é mais distante vale se programar. A região do D’ouro é charmosíssima. Recomendo também, um passeio até a Serra da Estrela, o caminho é lindo demais e a região possui um visual maravilhoso que vai de montanhas à neve. Na volta aproveite para conhecer Nazaré e Fátima.

Para comer frutos do mar eu adorei A Nova Estrela, um restaurante bem aconchegante em Cascais. No Porto, o The Wine Box oferece comidas deliciosas e um ótimo vinho do Porto, e a pastelaria Natas D’ouro, que faz um pastel de nata com chocolate que é uma delícia!

Em Sintra tem um doce tradicional chamado travesseiro e o da Casa Piriquita é o melhor da vida. Pra quem gosta de sorvete, o Gelado Santini é sensacional.  O queijo da Serra da Estrela é indescritível, eu não conseguia para de comer.

Sobre Carolina Stofella

Natural de Santa Catarina, a atriz Carolina Stofella é conhecida por sua atuação em peças premiadas, como a peça “Viagem ao Centro da Terra” (vencedora do prêmio SHELL Especial de Montagem em 2001) com produção do Marcelo Serrado e direção do Ricardo Karman, além do espetáculo “Enquanto as crianças dormem” (espetáculo vencedor em três categorias do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro) com texto e direção do Dan Rosseto, no qual deu vida à Ellen, uma mulher dissimulada e misteriosa. Uma personagem cheia de camadas e com uma trajetória bem interessante.

Em seu último trabalho, em junho deste ano, atuou em um clássico e em um dos textos mais importantes da dramaturgia “Eles Não Usam Black Tie”, escrito por Gianfrancesco Guarnieri e que teve sua primeira versão lançada há 60 anos e uma adaptação para o cinema com nomes como Fernanda Montenegro no elenco. Na peça, Carolina interpretou Dalva, uma mulher forte e cheia de personalidade, que, na nova montagem do diretor Dan Rosseto, ganhou destaque na trama ao levar sua voz potente às cenas de conflito e debate. 

Fonte e texto Carolina Stofella