Violonista Thiago Delegado toca no Jazz nos Fundos no dia 14 de maio

Violonista Thiago Delegado toca no Jazz nos Fundos no dia 14 de maio

Aqueles que apreciam uma boa música e gostam de curtir em melhor estilo já têm compromisso marcado. O violinista, compositor e arranjador Thiago Delegado mostra as canções do seu disco Sambetes Vol. 1 no próximo dia 14 de maio, às 21h30, no Jazz nos Fundos. Na foto acima Thiago Delegado- Foto divulgação Credito Renata

O disco foi gravado em São João del-Rei, na região do Campo das Vertentes, no único estúdio do estado com tecnologia totalmente analógica. A escolha não foi só técnica, mas de alma. Sambetes Vol.1 é um disco que dá sequência a uma linha de música instrumental sofisticada que vem de antes da bossa nova, sofre influência do som feito nas pequenas boates do Beco das Garrafas, no Rio de Janeiro, e depois se mistura com o jazz e outras influências. Pré-bossa, bossa e pós-bossa. Se o samba é a tristeza que balança, como definiu Vinicius de Moraes, nos sambetes ela balança ainda mais. O bolachão é uma consequência natural dessa história.

Memória afetiva

Ao ouvir Sambetes Vol. 1, quem gosta de música instrumental brasileira vai se perder (e se encontrar) buscando referências, dos pianistas Luiz Eça, Dom Salvador, Tenório Jr., Sérgio Mendes e, sobretudo, João Donato, sem esquecer dos organistas Ed Lincoln e Walter Wanderley. As batidas de Milton Banana, Edison Machado, Dom Um e Airto Moreira. Os desenhos da linha de baixo de Luiz Chaves, Tião Neto, Humberto Clayber, Luiz Marinho e Edson Lobo. O violão de Baden Powell e Roberto Menescal, os arranjos de Moacyr Santos e Eumir Deodato. Só gente boa.

São nomes que trazem a memória de um som de grupos tocavam ao mesmo tempo, em várias casas vizinhas de Copacabana, batizados como Som 3, Sansa Trio, Sambossa 5, Sambrasa Trio, Quarteto Bossamba, Sexteto Bossa Rio, entre outros. A música instrumental brasileira ajudou a criar a bossa nova, mas foi, segundo alguns historiadores, a primeira vítima de seu reconhecimento internacional. Com o sucesso das canções e dos cantores, os músicos foram compor um luxuoso segundo plano para o desfile internacional da Garota de Ipanema. Muitos dos instrumentistas citados acima foram para os States ensinar o jazz a sambar. O resto é história.

SAMBETES 1

1 – Sambete do Menexca

2- Sambete da Malu

3 -Maguá no Pagode

4 – Sambete Preguiçoso 

5 – Afrosambete

6 – Sambete Americano

7 – Garoto Matheus

8 – Sambete nº 2 

Todas as faixas são composições de Thiago Delegado, exceto Afrosambete, parceria de Thiago Delegado e Aloizio Horta

Todas as músicas são tocadas por:

Thiago Delegado – Violão de sete cordas

Christiano Caldas –Rhodes e Hammond

Aloizio Horta –Contrabaixo

André Limão Queiroz – Bateria 

Ouça agora:

Spotify: https://goo.gl/uT7QD9
iTunes/Apple play: https://goo.gl/wCZ7vK
Google play: https://goo.gl/MfTBuL
Deezer: https://goo.gl/3cbVu2

Serviço: Show Sambetes Vol.1

Data: 14 de maio

Horário: 21h30

Local: Jazz nos Fundos (Rua Cardeal Arcoverde, 742)

Duração: 60 min

Classificação etária: 18 anos

Ingressos: R$ 15 (primeiro lote)/ Mesa R$ 30

Vendas: https://www.sympla.com.br/thiago-delegado__520870?fbclid=IwAR1T7WtaMD5xNyldv0eb0yy-uGBNPa9lWP-5C4zaHLjqdBiV0cc9GN56f_c   

Mais informações: 11 30880645

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *